Soleira: como e quando usar?

Vejo por ai, em diversos locais, soleiras de pedras, lindas. Como vejo muitos locais sensacionais que não utilizam soleiras. E isso é uma dúvida que tenho: usar ou não soleira no apartamento?

Fiz uma pesquisa enorme para evitar os erros no uso ou não da soleira. E reuni algumas informações que pode ser útil para quem tem as mesmas dúvidas que eu (e as que achei mais válidas, porque tem diversas opiniões diferentes !rs ) =)

A soleira é utilizada para a divisão dos cômodos, ela limita no chão, até onde vai a área de cada ambiente. Porém, com os ambientes cada vez mais integrados, o uso da soleira deve ser muito bem pensado para não gerar conflito no ambiente.

O uso da soleira na porta de entrada, por exemplo, é super recomendado pois dá a exata ideia de entrada da casa. Assim como na porta para a varanda, que divide a casa dá área externa.
Se o ambiente tiver desnível de piso, também é recomendado o uso pois separa e define claramente o desnível de piso.
Em uma sala e cozinha, pode ser utilizado ou não a soleira, depende da sua intenção, das combinações de piso, etc. Se o seu objetivo for ter os 2 ambientes bem integrados, mesmo que com pisos diferenciados, o uso da soleira não se faz necessário.
Já quando é a separação do banheiro com o corredor por exemplo, onde os pisos são diferentes, é super recomendado o uso, torna muito mais bonito a junção dos ambientes.

Fotos: Google

E as combinações?
A soleira pode ser similar e combinar com os pisos ao qual está separando o ambiente. Porém, há quem queira soleiras que contrastem com os pisos, dando a diferenciação de ambientes. Nos últimos tempos, é comum essa combinação (não faz meu estilo, e deve ser feita com cautela para não ficar estranho!)
O material da soleira também sempre é uma dúvida, o que sempre vejo o pessoal perguntando é se a soleira, deve ser igual às pedras das bancadas de pia de cozinha/banheiro… E não, não é obrigatório, o recomendado é combinar com os pisos…. Você pode colocar em tom similar, mas levar para o piso, o mesmo elemento da bancada que é um dos ‘destaques’ da cozinha, pode deixar o ambiente carregado.

Fotos: Google

Em resumo, o certo/errado do ambiente vai muito mais em qual a sua intenção no ambiente. há regras, claro, mas o uso da soleira depende bem do seu estilo… por tudo o que li, acho que no apê irei usar em: porta de entrada, separação de banheiros e porta da varanda. Acho que entre cozinha e sala não usarei, mesmo que os pisos sejam diferentes. E no quarto, é o dilema, pois não sei se vou usar o mesmo piso ou vou mudar :p

Agora, é a hora de começar a fazer as pesquisas dos ambientes, porque mês que vem espero conseguir pegar a chave para começar as mexidas no apê! \o/

SP Tour: Conhecendo o Brew Dog Bar

No começo do ano fomos conhecer o Brew Dog Bar, em Pinheiros.

O bar já havia me chamado atenção outras vezes, primeiro por ser associado à marca  Brew Dog, que produz as IPAs diferenciadas, e depois porque todas as vezes que passava em frente ficava super curiosa com toda a composição do ambiente.

E a expectativa principalmente em relação as cervejas, são 100% cumpridas.

Os atendentes além de atenciosos, entendem bem do que fazem. As vezes que fui ao balcão pedir uma cerveja, sempre apresentava as características que esperava e eles me serviam amostras para degustar e escolher a melhor. Ah é, um detalhe: bebida se pede no balcão direto, sem assovios para o garçom, ok?

A decoração é incrível. Minimalista, mas com aquela pegada industrial que conquista a todos ♥ tem incríveis janelões que deixam a iluminação super natural, a parede de tijolinhos bem rústica, e acima dela, o cimento queimado se mostram uma junção perfeita! Os móveis, assim como o balcão, são todos em madeira, o que dá mais charme ainda pro lugar.

O cardápio quando fui, estava com um leve problema.. como eles haviam acabado de voltar de férias, todos os pratos com batata, estavam em falta… não pudemos experimentar o fish and ships, nem os pratos que lembram a cozinha mexicana… então partimos para o tradicional que também cai super bem e é a cara de Sampa: Hot Dog! Que são cheios de personalidade, assim como a casa!

E como não podia deixer de ser, as cervejas! Começamos com 2 da marca da casa: a Five AM, e a Dead Pony Club Session

Ainda finalizei com uma convidada, de grande sabor, que tinha notas de café, e pós o dog, caiu super bem!

20160109_161119

Quero voltar ao bar, tanto para provar novas cervejas quanto novos petiscos, e curtir mais um pouco do lugar maravilhoso!