E mudei mesmo… vim parar em Berlim!

Oie, sou a Pathi, irmã da dona do blog (E ai sis?) e queria contar pra vocês, que eu falei assim “Mãe, quero mudar tudo” e mudei mesmo… vim parar em Berlim! :p

A história é longa, mas basicamente, meu marido veio a trabalho e eu e meu filho viemos acompanhar ele. Na nossa família ainda tem duas cachorras, que ainda estão no Brasil e logo logo estarão aqui 🙂

Cheguei aqui em Berlim no final do inverno, com temperaturas que ficavam em -2 graus a noite e uns 5 graus de dia. Mas o vento era mega gelado e super cortante, o que fazia o frio ficar ainda maior!

image

 

Primeiras impressões

 

Assim que cheguei na Alemanha, achei tudo muito bonito e organizado. Pra começar, já achei maravilhoso que no aeroporto de Munique tinha bebidas quentes (café, chá, capuccino, chocolate quente) de graça no aeroporto!

Como eu estava com meu baby lá no aeroporto e estava só esperando a minha conexão para Berlim, eu não tirei foto (sorry!). Aliás, muitas vezes eu passo, admiro pacas alguma coisa e não tiro foto dela,  então acho que vai ser meio comum eu falar de alguma coisa e não postar foto tá? :p

Outra coisa que senti o impacto na hora, foi o frio! Apesar de estar no final do inverno, pra mim estava muito frio no geral! Eu me agasalhava bastante, as vezes não achava que ia estar tão frio e quando saía dava uma tremida básica, mas aos poucos, o clima foi esquentando e eu também fui me adaptando e prestando mais atenção ao clima para me vestir e principalmente, vestir o baby melhor 🙂

image

O primeiro bairro que fiquei aqui em Berlim, foi o Wedding. Ele é um bairro muito legal e parece ser bem residencial. E ai veio outra surpresa pra mim, mas que depois eu fui vendo que é comum em todos os bairros de Berlim: tem vários parquinhos para todos os lados que você vai! E isso é maravilhoso! Vou fazer um post só com fotos dos parquinhos que já passei 😉

Bom, acho que o idioma também é uma coisa meio assustadora no começo, rs. Eu falo inglês e quase nada de espanhol e sei pouquíssimas palavras em alemão, e quando cheguei aqui, achei que conseguiria falar numa boa inglês no geral, mas não é bem assim não 😛 As vezes você encontra pessoas que falam inglês (ou que pelo menos tentam) e eles falam contigo, explicam, são super legais! Mas as vezes… eles não falam nada de inglês, alguns soltam umas risadinhas de você tentar se comunicar, outros simplesmente não respondem, então acho que vai muito de cada um mesmo.

image

E pra finalizar, gostaria de dizer que não é uma primeira impressão, mas é bem esquisito estar tão longe dos meus pais e família. O que mais acho estranho (e sofri bastante nos primeiros dias), foi em saber que meu papis não estava muito bem e eu estava tãaaao longe. Isso mexeu bastante comigo e foi meio complicadinho no começo viu? Mas eu sou igual aquele ditado “Devagar e sempre” e mesmo que seja devagarinho, eu vou melhorando e me acostumando. Mas a saudade ainda ta grande aqui 😛

IMG-20160317-WA0003

E por enquanto é isso. Ainda quero comentar com vocês sobre moradias, animais, parques, comidas e vou postando mais conforme o tempo vai passando e vou pegando mais informações também 😉

Gostaram? Tem alguma experiência legal pra compartilhar?

Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *