Reforma do Criado-Mudo – Parte 2 (finalmente pronto!)

Lembram que mostrei o processo de pintura do meu criado-mudo aqui ?

Pois é, terminei o post já dizendo que não estava achando legal o efeito, rs. A verdade é que a tinta deu o efeito que eu esperava, mas lembram que escolhi um acabamento fosco né?

Pois bem, já fica a dica para os projetos: madeira fosca é chata! Use apenas para móveis que você não terá um uso constante para apoios, etc. Ele risca fácil, suja fácil (ainda mais que é branco no meu caso, rs) e ele não limpa tão fácil quanto o brilhante, que dá um acabamento que permite a limpeza e suja menos.

E pensando nisso, resolvi continuar a personalização. Como a ideia era dar um toque mais descolado, resolvi personalizar, adicionar uns efeitos no criado. Pesquisa vai, pesquisa vem, optei por fazer um esquema com stencil, criando alguns diamantes vazados no tampo, em preto. Fiz alguns testes com stencio que eu mesma fiz usando sulfite, e ficou show. MAS, como testei em um modelo maior, e só 1 diamante, quando fui aplicar em um modelo menor, bom, nem preciso dizer que não deu certo né? hehe

Esqueci de fotografar como ficou a primeira vez que testei o stencil.. fiquei pensando em como resolver que pulei essa parte =

Enfim, como boa guerreira, e aprendiz do DIY comecei a pensar nas alternativas: Repintar o criado todo ou mudar mais ainda o criado. E claro que optei por mudar mais ainda! Mantive a idéia de utilizar stencil, só me programei melhor para usa-lo. Pintei todo o tampo de preto, cobrindo os diamantes ‘fail’ que fiz antes.
Depois, refiz o estêncil. Dessa vez corrigindo os erros anteriores: Fiz os diamantes maiores, mais espaçados e em uma única folha!

 

 

E para finalizar, coloquei novos puxadores. Originalmente eles eram um prata estranho, não achei nenhum modelo dourado legal. Mas eu mesma apliquei dourado neles  hehe (Spray é um vício!) . O dourado apliquei uma demão só, para que não ficasse muito chamativo… E o resultado final é esse:

 

Agora sim, criado-mudo concluído!

Como tive bastante tempo pra planejar, já emendei mais algumas novas idéias para as mudanças do quarto que andam me incomodando. Em breve os novos projetos =)

Reforma do Criado-Mudo – Parte 1

Lembra que falei das mudanças do quarto, nesse post aqui?
Pois é, uma da mudança foram os móveis (ou as cores deles) e vim explicar um pouco sobre como modifiquei.

Existem diveeersos modos de mudar a cor de um móvel de madeira, desde utilizar o contact e ‘encapa-lo’, até pintar o móvel.
Nesse caso eu optei por pinta-lo já que queria dar um acabamento fosco nele, e adoro a testura da tinta na madeira.

Para esse processo utilizei:

– Lixa fina para madeira (fininha, pra remover o verniz sem machucar a madeira)
– Solvente
– Tinta com acabamento fosco para madeira
– Rolinho pequeno para pintura
– Pincel para pintura

Meu criado estava nesse estado: Com alguns ‘machucados’, envernizado, adesivos colados, etc

1° passo (e fundamental, sem preguiça!) : Lixar – muito bem – o móvel. Retire o vestígio de verniz de toda a superfície, porque o verniz vai danificar sua pintura.

2° passo: Limpe bem. Retire todo o pó do móvel, lixar libera pozinho bem fininho, e ele vai deixar a pintura horrível! Limpe !

3° passo: Corrija esses machucados. Dê um acabamento legal pro criado. Eu esqueci de comprar a massa própria pra madeira. Sacomé né? Na pressa… Mas peguei um pouco de passa corrida, essas pra parede mesmo, como eram pequenos detalhes, com uma espátula fui tampando os burados e ‘machucados’ da madeira.

* Importante! Deixe secar a massa antes de passar a tinta!
** Se achar necessário, se tiver vergão ou falha na massa, passe uma licha bem fininha nela pra deixa-la lisinha!

4° passo: Leia bem as informações da tinta. Dissolva se necessário e inicie a pintura! Pintar exige paciência e cuidado.
Acho que o rolinho dá uma aparência bem mais bonita na pintura, porém se for um móvel com muitos cantinhos o pincel é importante para dar aquele acabamento final. E tenha paciência de esperar secar. Eu apliquei de 2 a 3 demãos em cada parte para ficar bem preenchido.

Coloquei um vidro em cima, só para dar um toque e preservar a tinta! No final, depois de tudo pintadinho, ele ficou assim:

Ah é, só passei uma tinta em um tom cinza (uns pingos de corange para tinta preto, e fez-se o cinza!) nos puxadores, só para dar um ar diferente enquanto não os troco.

Estou com algumas idéias de personaliza-lo, os puxadores estão totalmente caídos,  e vou fazendo aos poucos. Quero alterar os puxadores e dar um ar mais personalizado nele, e aquele toque ousado!

Logo logo mostro mais detalhes sobre ele e o resultado final !